Recordo o Hino do noviciado de meu tempo, “Pedra a pedra…”.Golpe a golpe”…. “Ritmo a ritmo …” “Sol a sol…” Através dele quero expressar o que significou para mim  a vivência destes  cinquenta anos de vida consagrada. Chamado e Resposta. Começar cada dia com o desejo de ser fiel ao compromisso. E neste caminhar palpei a força Criadora e Liberadora do Senhor.  

Com Ele a vida adquire sentido. Brotam a alegria, a esperança e os desejos  de viver a entrega com generosidade  cada dia, de fazer todo o bem possível apesar da fragilidade estar muito presente; sinto que nosso corpo  vai se  “desmoronando”, mas, sinto também que as forças se renovam dia a dia com a graça de Deus.

As experiências, como é normal, são muitas. Quero ressaltar  duas.

No Noviciado: a mudança na percepção da imagem de Deus foi muito positiva. Descobrir Deus como PAI amigo que nos faz filhos e irmãos. Senti que meu coração se alargava. Esta maneira de me relacionar com Deus foi o centro, o impulso de cada dia. E neste aspecto quero reconhecer a grande ajuda  de ARACELI RODRIGUEZ, minha mestra de noviça.

A experiência vivida na América Latina nestes 44 anos me marcou de maneira profunda. O contato com o povo e a vivência nas comunidades me foram revelando um Deus próximo que caminha com seu povo. 

Para nossas irmãs jovens quero dizer que vale a pena seguir JESUS  NAS PEGADAS DE CÂNDIDA MARIA. E, certamente, com MARIA NOSSA MÃE, que nos coloca com o FILHO.

OBRIGADA  JESUS PORQUE ME CHAMASTE E CONTINUAS ME CHAMANDO. 

Fuensanta Pedraza fi

Bogotá - Colômbia

0
0
0
s2sdefault