Na festa de Pentecostes, Graciela Francovig escreve a todo o Corpo apostólico das Filhas de Jesus, em dispersão após a celebração da CG18FI. São suas primeiras circulares depois de ser nomeada Superiora Geral das Filhas de Jesus em 1º de maio.  E o faz duplamente; uma circular dirigida a todas as irmãs da Congregação e outra aos leigos e leigas unidos pelo carisma e espiritualidade da Madre Cândida. 

Circular a todas as Irmãs da Congregação

Depois de agradecer a confiança nela depositada “nesta nova missão recebida”, faz referência à solenidade litúrgica que se celebra no momento de sua publicação:

Hoje estamos celebrando a festa de Pentecostes, a vinda do Espírito Santo à Igreja e a cada um dos cristãos. Esta celebração evoca, entre outros aspectos, a unidade expressada na diversidade. O Espírito Santo é o único que pode harmonizar nossas diferenças, fazendo-nos saborear a unidade que vem dele e que experimentamos na recente CG XVIII. 

Faz também referência:

  • à única Determinação da Congregação Geral XVIII para as Filhas de Jesus:

É oferecida uma única determinação às Filhas de Jesus para estes próximos seis anos: ‘Seguir de perto a Jesus Cristo, que elegeu para si a pobreza’. Desejamos que seja inspiradora para nós, conectando a origem do carisma com sua atualização, de acordo ao que pedem as circunstâncias de tempos e lugares.

  • à recomendação que a CG deixou à  Superiora Geral:

Rever e adequar a  estrutura administrativa na Congregação para garantir o bom funcionamento e atualização carismática da gestão dos bens.

  • E aos seis chamados para a ação apostólica, "dirigidos às Filhas de Jesus e leigos, e a todos os que colaboram conosco na Missão de Cristo na Igreja.”. Teremos que esperar mais um pouco para conhecê-las.

A primeira reunião do Governo Geral com as Provinciais, as primeiras nomeações e envios internacionais, informação sobre este tempo de férias na Cúria e o retorno do governo ordinário após o verão, a recordação do anúncio da nomeação de Mª Luisa Berzosa como consultora da Secretaria Geral do Sínodo de Bispos completam sua circular às Irmãs. E conclui com a seguinte oração:

Juntas, peçamos os dons do Espírito para nosso Corpo em Missão.

 Circular aos leigos e leigas

Juntamente à Carta Circular às Irmãs da Congregação, Graciela também dirige uma Circular a todos os leigos e leigas unidos pelo carisma e espiritualidade da Madre Cândida. 

Envia-lhes afetuosa saudação acrescentando que “sentimos vocês a nosso lado, e sua oração, juntamente com a oração das irmãs, nos sustentou na recente CG XVIII”. A seguir, percorre brevemente o caminho feito nos últimos anos até chegar a nos sentirmos ‘Família Madre Cândida’ compartilhando a Missão.

Também agradece as colaborações que deram à Congregação Geral, e fala sobre a grande diversidade que existe na Congregação: de realidades, de lugares, de características dos laicos, de processos seguidos… “A partir da riqueza que nos apresenta esta grande diversidade, nos preparamos para prosseguir abordando novos desafios”, manifesta.

Ler a circular completa acessando aqui

 

0
0
0
s2sdefault