Um dos tesouros que M. Candida nos deixou são suas cartas. Nessas comunicações familiares e espontâneas, descobrimos, no meio da vida cotidiana, seu jeito de ser e sua experiência de Deus. Teresa Lucía, FI os trouxe até nós no início dos anos 80 e assim pudemos ler em primeira mão como Deus se revela ao simples e no simples.

Antonio Grau, junto com outros leigos e algumas Filhas de Jesus da Espanha, querendo aprofundar e compartilhar a espiritualidade da Madre Cândida, começou a se aproximar deles em 2003. Ao entrar nas Cartas descobriram autênticas “pérolas” que revelam seus ricos. personalidade e o carisma ou "graça" recebida.

Em novembro de 2008, Antonio Grau, então diretor da escola Hijas de Jesús em Murcia, retomou essas "pérolas", releu-as de sua vida e começou a publicá-las em 3 de setembro de 2012. Semana após semana, durante 11 anos , Antonio faz uma oração compartilhada da pérola que ele descobre em cada carta.

A publicação das “Pérolas Escondidas nas Cartas da Madre Cândida” foi um agradecimento a esta obra de António, tão rica em conteúdos e tão sustentada no tempo, na esperança de que incentive quem as lê a continuar a entrar no mundo. rico legado que Santa Cándida Mª de Jesús nos deixou em sua vida e em seus escritos.

Nos livros, cada "pérola" é acompanhada por um versículo da Palavra de Deus e o comentário de Antônio referindo-se ao Evangelho do domingo que ele estava escrevendo. Que esta obra nos aproxime das duas fontes das quais se inspirou o seu autor, o Evangelho e as Cartas da Madre Fundadora, e nos ajude a descobrir o Deus que age também nas nossas vidas.

No dia 21 de janeiro de 2021, por ocasião do ano jubilar pelos 150 anos de fundação da Congregação, o Provincial da Espanha-Itália entrevistou Antonio para falar sobre essas "pérolas". Pode vê a Presentação das “Pérolas Escondidas nas cartas de Madre Cândida" de novo.

Acesse cada volume de "Pérolas Escondidas ..." clicando em cada imagem.

 

0
0
0
s2sdefault