loader image

Um presente de Natal – PEG

janeiro 4, 2024

Receber um presente de Natal pode parecer um evento normal e sem brilho! Entretanto, um presente nunca é algo normal.

Hoje recebi um presente de uma escola. Era um e-mail que começava assim: “Bom dia. Antes de mais nada, gostaria de pedir desculpas por não ter cumprido os prazos…”. E depois: “Foi um primeiro trimestre muito complicado…”. E quase no final: “Estou trabalhando esses dias… Obrigado pela sua paciência. Atenciosamente”. Fiquei tão feliz que telefonei e ninguém atendeu. É claro que eles estão comemorando o feriado de Natal nesse lugar, pensei comigo mesmo ao desligar a chamada. No entanto, meu presente foi datado de 29 de dezembro.

Eu precisava dizer que não precisava me desculpar por nada, porque SEMPRE PODEMOS FAZER ALGUMA COISA PARA MELHORAR O MUNDO. Sempre há tempo para participar do Pacto Global pela Educação E PARA NOS COMUNICARMOS E NOS FORTALECERMOS. Então, quis corrigir meu interlocutor com imenso carinho: “você chegou na hora certa!

Eu precisava ser grata pelo comprometimento e pela força dessa vocação, porque, depois de um trimestre complicado, eu a encontro funcionando no meio das férias. Parabéns, Colegio Juan Nepomuceno Rojas, Sevilha, Espanha!

Uma semana antes, recebi outra carta. Foi o primeiro presente de Natal: “Por meio desta carta, a equipe de gerenciamento da O Colegio Santa María de Granada (Espanha) deseja comunicar sua adesão ao PACTO EDUCATIVO GLOBAL.Em resposta à Convocação do CG XVIII: “Promover a união e a articulação, em nível universal, dos educadores dos colégios que seguem o modo educativo de M. Cândida, para refletir sobre os desafios educativos do mundo atual e planejar caminhos para o futuro”. A M. Cândida, para refletir sobre os desafios educacionais do mundo de hoje e planejar caminhos para o futuro”. Um presente simples, uma mensagem breve e profunda que se conecta com as raízes. Obrigado…

A Inmaculada Ikastetxea, Bilbao, anunciou em 20 de dezembro que havia apresentado o Pacto Global ao corpo docente e refletido sobre os aspectos que consideravam mais bem-sucedidos e aqueles em que precisavam ir além. É claro que eles já iniciaram a SEGUNDA ETAPA, pensei, ao ANALISAREM QUAIS ASPECTOS DE SUA VIDA ESTÃO EM CONSONÂNCIA COM O CONVÊNIO E QUAIS DEVEM GANHAR EM CONSISTÊNCIA. A autocrítica positiva nos leva a amadurecer, a retificar, é uma atitude sábia.

Termino com sua saudação de Natal porque ela nos faz olhar mais adiante:

“Que a ternura do Natal encha seus corações de paz.
e que 2024 seja um ano de Luz e Esperança para todos”.
“Eles não partiram porque viram uma estrela,
mas eles viram a estrela porque estavam a caminho”.

Uma escola é um mundo… E o Pacto busca tornar o mundo uma boa escola. Não é fácil… nem o conseguiremos em poucas parcelas.
Mas hoje temos mais três escolas que aderiram a essa utopia maravilhosamente humanizadora. Seus comunicados foram três presentes recebidos no Natal.

Maria Teresa Pinto, FI

Relacionados