loader image

Primeiros votos – Leste Asiático

julho 8, 2024

Em 29 de junho de 2024, Festa dos Apóstolos Santos Pedro e Paulo, as três noviças da Província da Ásia Oriental: Teresa Tian Chunjie, Mary Wang Pengzhe e Emerenciana Damur (Anjie) fizeram seus primeiros votos na Capela da Casa de Retiros de Manresa, em Manila. Quatro padres concelebraram e muitos religiosos de diferentes congregações participaram da Eucaristia. Não faltou apoio e presença das Filhas de Jesus da Província Índia-Pacífico. Alguns parentes, benfeitores, conhecidos e leigos também vieram.

Os novos juniores compartilham seus agradecimentos ao Senhor e a todos.

“Senhor, sou um sacrifício vivo, não pertenço mais a mim mesmo”. Essa frase sempre me acompanhou em minha preparação antes de fazer os votos, e também me lembra constantemente: tudo o que tenho pertence a Ele e será usado por Ele.

Ao fazer os votos, sinto gratidão, alegria e profunda confiança em meu coração. Agradeço a Deus por ter me chamado e por me amar generosamente. Sinto profundamente que esse chamado é uma graça gratuita e um presente. Agradeço também às irmãs da comunidade por seu trabalho árduo e por todos os preparativos. Agradeço à minha família por seu apoio silencioso.

Estou feliz porque não conto mais comigo mesmo, mas com minha total confiança Nele, o que me torna mais feliz e mais livre nesse caminho. Coloco-me completamente em Suas mãos, deixo que Ele me guie, que Ele continue a me moldar, a seguir Seus passos e a seguir em direção à missão com Ele.

Em tudo, ame e sirva.

Teresa Tian Chunjie

“Não foram vocês que me escolheram, mas eu os escolhi e os designei para irem e darem frutos, e frutos que permaneçam; assim, tudo o que vocês pedirem ao Pai em meu nome, ele lhes dará” (Jo 15:16).

Diante do Corpo e do Sangue de Cristo, fiz os votos de amor, mas Jesus assumiu a liderança em tudo: Ele me chamou primeiro, Ele me amou primeiro, Ele me aceitou e me perdoou incondicionalmente. Conforme experimentado nos Exercícios Espirituais: não é pelo que fiz ou pelo que tenho que Ele me ama, mas porque sou amado por Ele e, por meio de meus primeiros votos, respondo a Seu amor seguindo-O com minhas limitações e fraquezas, meus anseios e gratidão.

Durante todo o processo de preparação para essa cerimônia de primeiros votos, experimentei mais verdadeiramente esse amor das irmãs que me acompanharam e das irmãs da comunidade . Sua atividade, alegria, dedicação e disposição me fizeram sentir abençoada e profundamente grata a elas. Como meus pais estavam aqui, não pude ajudar muito, mas as irmãs generosamente fizeram tudo. Se Deus frequentemente nos convida a buscá-lo e encontrá-lo, então a comunidade em que vivo deve ser a primeira coisa em que se pode encontrar Deus.

Fazer os primeiros votos é tanto um fim quanto um começo: colocar-se aberta, corajosa e confiantemente nas mãos de Deus e cooperar com a graça para viver, servir e amar.

Mary Wang Pengzhe

Na Eucaristia de hoje, quero compartilhar diferentes sentimentos: gratidão, felicidade, alegria e alívio . O motivo desses sentimentos é que percebo que minha vida e minha vocação são presentes Dele, e minha vida é abençoada e amada por Ele, apoiada por Ele. A vocação não é mais minha, é um presente gratuito Dele.

Seu chamado e sua missão não podem ser separados. Estar aqui hoje é um chamado Dele, uma resposta livre a Ele. Assim como em Mateus 10:8, “Curai os enfermos e ressuscitai os mortos… expulsai os demônios; de graça os destes”, essa frase é cheia de sonhos e me compele a compartilhar Seu amor. “Nossa vocação é… viver em todos os lugares do mundo, servindo a Deus e ajudando as almas… em áreas cristãs e não cristãs (CFI 189)” (CFI 189).

Haverá dificuldades em culturas diferentes, mas hoje me sinto enriquecido e aprecio mais, especialmente a cultura chinesa. Tendo vivido com as irmãs por mais de seis anos, posso ver como elas servem como luz do mundo e sal da terra para a Igreja chinesa . Tenho orgulho de nossa presença lá.

Quando eu estava exercendo minha profissão, eu confiava mais no Pai. Ao mesmo tempo, tenho uma consciência mais profunda de minhas próprias limitações. Como disse a Madre Fundadora: Você sozinho não pode fazer nada, mas com Deus você pode fazer tudo. Também percebi que Sua presença comigo é concreta, por meio da família, dos padres, dos benfeitores e das irmãs que me acompanham na Congregação.

Fiquei muito animado com as palavras do provincial hoje. Não importa quais sejam as dificuldades e os desafios, não tenha medo e continue! Aprenda também a pedir ajuda e a ser humilde.

Emerenciana Damur (Anjie)

Relacionados